top of page

BRANDING: Saiba como ele pode impactar nos negócios da sua marca.

Se alguém diz “pense numa bebida” suas opções são inúmeras, você pode pensar em cervejas, sucos, vinhos, águas. Mas, se alguém falar “Pense em uma marca de refrigerante” muito provavelmente você vai pensar na Coca Cola.

branding
branding

Como isso é possível? Em grande parte o responsável por isso é o Branding, que pode ser definido como uma série de estratégias que visam construir e gerenciar a percepção do público em relação a uma marca, seus produtos e serviços.


Pesquisas mostram que 67,3% dos brasileiros lembram primeiro da Coca-Cola quando o assunto é refrigerante.


Isso comprova como o Branding ajuda a diferenciar uma empresa da concorrência, criando uma identidade única e o mais importante: reconhecível.


O que é importante principalmente em mercados saturados, onde muitos produtos e serviços são oferecidos por diversas empresas.


Já que uma marca forte pode ter um maior valor percebido pelo público, o que pode levar a um aumento nas vendas e na rentabilidade.


O que é Branding

Branding é o processo de criação e gestão da marca de uma empresa ou produto.


Ele é um conjunto de estratégias que tem como objetivo construir a imagem da marca na mente dos consumidores, transmitindo seus valores, posicionamento, identidade e promessa única de venda.


O branding envolve diversas atividades, como o desenvolvimento da identidade visual da marca, a definição da linguagem e tom de voz, a criação de uma narrativa coerente, a escolha de canais de comunicação efetivos, a criação de experiências de marca positivas para os consumidores e a manutenção de uma reputação positiva no mercado.


Em resumo, o branding é uma forma de criar e fortalecer a conexão emocional entre uma marca e seus consumidores, tornando-a mais reconhecida, desejável e confiável.

Os benefícios do Branding podem incluir:

  • Reconhecimento de marca: uma marca forte é facilmente reconhecida pelos consumidores, mesmo em um mercado competitivo.

  • Fidelização do consumidor: os consumidores tendem a se sentir mais leais a marcas que possuem forte presença e identidade.

  • Diferenciação de mercado: uma marca com forte personalidade e identidade pode se destacar entre a concorrência e se tornar única em sua categoria.

  • Aumento da percepção de valor: uma marca forte pode transmitir aos consumidores a percepção de maior valor em relação aos produtos ou serviços oferecidos.

  • Construção de reputação: uma marca forte pode ajudar a construir uma reputação positiva, o que pode levar a um aumento da confiança dos consumidores.

  • Melhoria da comunicação: uma marca com uma mensagem clara e coerente pode melhorar a comunicação com seus consumidores, aumentando a compreensão e a empatia.

  • Atração de talentos: uma marca forte pode atrair talentos e parceiros comerciais que se identificam com sua identidade e valores.

  • Suporte a lançamentos de novos produtos: uma marca forte pode ajudar a suportar o lançamento de novos produtos, uma vez que os consumidores podem estar mais dispostos a experimentar novidades de uma marca que já conhecem e confiam.

Exemplos de Branding de Sucesso:


Como você deve imaginar existem muitas marcas com Brandings de sucesso, confira abaixo alguns exemplos, nacionais e internacionais, em diferentes segmentos de atuação:


1. Nike: A Nike é uma marca esportiva globalmente reconhecida, com um branding muito forte e consistente. Seu slogan "Just Do It" é facilmente reconhecido em todo o mundo e sua identidade visual é icônica. A Nike transmite uma mensagem de coragem, desafio e superação de limites, o que ressoa com um público apaixonado por esportes e atividades físicas.

2. Coca-Cola: A Coca-Cola é uma marca de bebidas que há mais de um século vem construindo uma identidade de felicidade e prazer. A marca é conhecida por sua icônica garrafa de vidro, seu logotipo e suas campanhas publicitárias criativas e emotivas. A Coca-Cola transmite uma mensagem de otimismo, celebração e união, o que a torna uma marca presente em diversas ocasiões e culturas ao redor do mundo.

3. Nubank: O Nubank é uma marca financeira inovadora que tem como missão reinventar a experiência bancária para seus clientes. A marca é conhecida por sua identidade visual vibrante e moderna, bem como por suas campanhas publicitárias criativas e disruptivas. O Nubank transmite uma mensagem de inovação, transparência e simplicidade, o que a torna uma marca popular entre os consumidores que buscam uma experiência bancária mais moderna e descomplicada.

4. Apple: A Apple é uma marca de tecnologia que vem construindo uma identidade de inovação, elegância e exclusividade. A marca é conhecida por seus produtos de alta qualidade e design elegante, bem como por suas campanhas publicitárias disruptivas. A Apple transmite uma mensagem de sofisticação, excelência e exclusividade, o que a torna uma marca aspiracional para muitos consumidores ao redor do mundo.

5. Natura: A Natura é uma marca de cosméticos que tem como missão promover o bem-estar e a beleza de seus clientes, ao mesmo tempo, em que busca preservar a natureza e promover a sustentabilidade. A marca é conhecida por sua identidade visual natural e orgânica, bem como por suas campanhas publicitárias emocionais e inspiradoras. A Natura transmite uma mensagem de cuidado, respeito e comprometimento com a natureza e com a saúde e beleza dos seus consumidores.

6. Havaianas: A Havaianas é uma marca de sandálias que se tornou um ícone da cultura brasileira e mundial. A marca é conhecida por sua identidade visual colorida e alegre, bem como por suas campanhas publicitárias criativas e bem-humoradas. As Havaianas transmitem uma mensagem de leveza, descontração e brasilidade, o que a torna uma marca presente em diversas ocasiões e culturas ao redor do mundo.


O que acontece se minha marca não investir em branding?


Quando uma marca não investe em seu branding, ela pode sofrer diversos prejuízos, incluindo:

1. Falta de clareza e foco: Sem valores e propósitos claros, a marca pode ter dificuldade em se comunicar com seus clientes e em estabelecer uma identidade clara. Isso pode levar a uma falta de clareza e foco em suas atividades e estratégias de negócio.


2. Falta de reconhecimento: sem investimentos em branding, a marca pode não ser facilmente reconhecida pelos consumidores, o que pode dificultar a sua identificação em meio à concorrência. 3. Baixa fidelização de clientes: sem um branding forte, a marca pode não criar conexões emocionais com seus clientes, o que pode levar a uma baixa fidelização e a uma maior facilidade para perder clientes para a concorrência. 4. Falta de diferenciação: sem uma identidade clara e forte, a marca pode não se destacar em meio à concorrência e acabar sendo vista como mais uma opção genérica no mercado. 5. Baixa percepção de valor: sem uma imagem forte e uma mensagem coerente, a marca pode não transmitir aos consumidores uma percepção de valor elevado, o que pode levar a uma menor disposição dos consumidores em pagar um preço maior pelos seus produtos ou serviços. 6. Problemas de comunicação: sem uma mensagem clara e consistente, a marca pode enfrentar problemas para se comunicar com seus clientes e potenciais clientes, levando a uma menor compreensão e identificação por parte do público. 7. Dificuldades para lançar novos produtos: sem uma marca forte e consolidada, a marca pode ter mais dificuldades para lançar novos produtos e serviços, uma vez que os consumidores podem estar menos dispostos a experimentar novidades de uma marca desconhecida ou sem confiança.


Conheça as etapas de um Projeto de Branding:


O desenvolvimento de um projeto de branding pode variar dependendo do contexto e das necessidades específicas de cada marca, mas geralmente segue um processo básico com alguns passos principais:


1. Análise da marca e do mercado: O primeiro passo é realizar uma análise detalhada da marca e do mercado em que ela atua. Isso inclui avaliar a história da marca, sua identidade visual e sua reputação, bem como entender o público-alvo e as tendências do mercado.


2. Definição da estratégia de branding: Com base na análise realizada, é hora de definir a estratégia de branding. Isso envolve estabelecer a proposta de valor da marca, seus valores e princípios, seu posicionamento e sua personalidade. 3. Criação da identidade visual: Após definir a estratégia de branding, é hora de criar a identidade visual da marca. Isso inclui o desenvolvimento do logotipo, paleta de cores, tipografia, entre outros elementos visuais que representam a marca. 4. Desenvolvimento de materiais de comunicação: Com a identidade visual definida, é hora de desenvolver materiais de comunicação que reflitam a mensagem e a personalidade da marca. Isso inclui a criação de peças gráficas, como cartões de visita, folders, anúncios, entre outros.


5. Implementação e gestão da marca: Com os materiais de comunicação desenvolvidos, é hora de implementar e gerenciar a marca. Isso inclui a criação de um plano de comunicação integrado e a gestão da presença online da marca, como site e redes sociais. 6. Monitoramento e avaliação: Por fim, é importante monitorar e avaliar o sucesso do projeto de branding. Isso envolve a análise de métricas, como alcance, engajamento e reconhecimento da marca, e ajustes na estratégia, se necessário.


Quer ver como este processo funciona na prática?

Entre em contato e saiba mais:+55 12 98281 9249 contato@grupolocomotiva.com


Comments


bottom of page