top of page

Por que meu site não aparece quando pesquiso no Google?

Saiba como funciona os mecanismos de busca e quais os principais erros que influenciam no “ranqueamento” do seu site.

Sua empresa tem um site, mas quando alguém pesquisa o seu nome, ou ramo de atividade, no Google encontra vários outros sites que não o seu?


Ou seja, a pessoa só encontra o seu site com o link direto ou digitando exatamente o endereço na barra de procura?


Isso acontece porque não basta ter um site, é preciso que ele seja otimizado para não só ser encontrado pelos mecanismos de busca da internet, como principalmente para aparecer logo nos primeiros resultados de busca.


Quer saber como resolver esse problema?


Então, siga nessa página onde iremos explicar: Como o Google encontra os sites, Os 5 erros mais comuns que atrapalham o rankeamento do seu site e Soluções para esse problema.

Como o Google encontra os sites?

Imagine que você está em uma biblioteca e precisa encontrar um livro sobre Jardinagem, por exemplo, qual livro chama mais sua atenção:


Um grande, com o título “Manual prático da Jardinagem, tudo que você precisa saber para cuidar bem das suas plantas”, escrito por um famoso autor;


Ou um bem pequeno, com o título “Guia básico de botânica” escrito por um autor desconhecido?


De uma forma muito simplista, essa analogia explica como funciona a lógica dos mecanismos de busca na internet.


Eles avaliam se as palavras buscadas são correspondentes, se o conteúdo é capaz de satisfazer o usuário e também se a fonte de onde a informação vem parece ser relevante e confiável.


Obviamente que, na prática, não é tão simples assim, pois para isso os robôs do Google, como o Googlebot, Crawler ou Spider, em apenas alguns milésimos de segundos precisam usar uma série de critérios para analisar, classificar e organizar os mais de 60 trilhões de sites indexados.

Resultados orgânicos x patrocinados:

Então, todos os conteúdos que aparecem na primeira página do Google são os melhores e mais relevantes?


Não exatamente, isso porque existe a opção de pagar para que o seu site apareça quando determinados assuntos são buscados.


Mas, vale ressaltar que só o patrocínio não garante que o site será exibido logo na primeira página.


Ou seja, o site ainda assim precisa seguir determinados parâmetros para que os mecanismos de busca o encontrem, como, por exemplo, conter as palavras-chave patrocinadas no seu conteúdo.



Para esse tipo de anúncio é possível definir as palavras-chave e até mesmo o público alvo, e o pagamento é cobrado, normalmente, por cliques.


Esses links patrocinados geram o chamado trafego pago, que nada mais é que atrair pessoas para a sua página através de um investimento financeiro direto. Enquanto o trafego orgânico é aquilo que você consegue atrair de público apenas com o seu conteúdo, sem nenhuma forma de impulsionamento financeiro direto.


A importância do SEO:


A melhor forma de melhorar o rankeamento do seu site, sem depender dos anúncios, e investir em tráfego orgânico é através das técnicas de SEO.


O Search Engine Optimization, em tradução livre Otimização para motores de busca, é um conjunto de técnicas e estratégias cujo objetivo é fazer com que sites fiquem melhor posicionados nos mecanismos de busca, o que gera mais tráfego, e consequentemente aumenta o reconhecimento da marca e suas chances de conversão.


5 Erros mais comuns que atrapalham o rankeamento do seu site:


Agora que você já sabe um pouco mais sobre os critérios de avaliação que definem quais sites vão aparecer nas primeiras paginas em uma busca, confira quais são os erros mais comuns e que podem ser os culpados pelo seu site não aparecer na pesquisa do Google.


1º Problemas com a URL

A própria URL do site pode ser o motivo pelo qual ele não aparece na busca do Google. Isso porque Links com informação em excesso, números e símbolos, parecem estranhos e causam desconfiança no usuário. Isso faz com que os mecanismos entendam que aquele site é irrelevante para a maioria dos usuários e passe a não exibir nos resultados. Por isso, deixe sua URL o mais simples, amigável e curta possível. Evitando o uso de acentos, caracteres, números, etc.


2º Paginas muito lentas

A experiência do usuário é a principal preocupação do Google na hora de apresentar o resultado das pesquisas. E páginas que levam mais de 2 minutos para carregar por completo são facilmente dispensadas pelas pessoas, por isso esse é um dos fatores que mais influenciam no ranqueamento. A lentidão pode ser causada por inúmeros motivos, desde a qualidade do serviço do domínio e hospedagem do site ou até imagens utilizadas serem muito pesadas.


3º Informações ausentes ou mal organizadas

Como já falamos nesse texto os mecanismos de buscas usam as informações do site para entender se elas devem ser indicadas ao usuário ou não. Por isso, se o usuário acessa o seu site e não encontra o que procura, a taxa de rejeição da página sobe, e automaticamente o Google entende que ela não é relevante para os usuários. Ou seja, é importante não apenas que o site esteja completo, mas principalmente que ela seja repleto de conteúdos escaneáveis, que facilitem a hierarquia de informações, e principalmente a leitura do usuário.


4º Falta ou má utilização de palavras-chave

As palavras-chave nada mais são que as palavras e frases que seu público alvo pesquisa e que o seu serviço ou produto pode ajudar. Elas começam no básico, como seu ramo e área de atuação, mas vão muito além, pois englobam toda a jornada de descoberta e conversão do cliente. É importante que essas palavras estejam presentes não apenas no conteúdo, mas também nos títulos e imagens, que são uma das principais fontes utilizadas pelos mecanismos para o ranqueamento.


5º Sites não responsivos

Pesquisas indicam que 98,8% dos usuários utiliza o aparelho celular como principal ferramenta para acessar a internet. Por isso, se o seu site não está preparado para receber acessos de diferentes dispositivos, isso é como ignorar a maior parcela de usuários online. E já sabemos que o Google não gosta de indicar sites que não oferecem uma boa experiência para todos os usuários. Investir em um site responsivo, que consegue se adaptar automaticamente ao tamanho da tela dos usuários, otimizando a experiência de navegação, independentemente do aparelho que o leitor está utilizando é investir também no ranqueamento das suas páginas.


3 Soluções para esse problema:

Você já entendeu como funciona o ranqueamento do Google, já sabe os motivos que podem estar atrapalhando o desempenho do seu site, mas deve estar se perguntando: como resolvo isso?


Confira agora as 3 soluções que te ajudam a lidar com todos os problemas acima:


1º Otimize seu site

Se o seu site não está aparecendo quando você pesquisa no Google o primeiro passo é fazer uma otimização geral.


Tornando o site responsivo, caso ele não seja, fazendo as atualizações necessárias, realizando um diagnóstico técnico do desempenho e de modo geral revisando todo o conteúdo, títulos, indexação de páginas, imagens, etc.


Enfim, não apenas utilizando todas as técnicas e estratégias de SEO possíveis, mas principalmente focando ao máximo na experiência do usuário.

2º Invista em tráfego pago

Como falamos acima, os anúncios patrocinados facilitam o ranqueamento no Google e são uma estratégia eficiente e necessária para empresas que desejam ter resultados melhores e mais rápido.


Você não precisa e nem deve ficar apenas esperando que o tráfego orgânico te traga resultados, afinal, até empresa multimilionárias, como a Coca-cola e a Nike, seguem investindo em anúncios patrocinados.


3º Produza conteúdo de qualidade

Um estudo comprovou que 77% dos usuários no Brasil confiam mais nos resultados orgânicos do que nos links patrocinados.


Por isso, embora o trafego pago seja eficiente, ele não exclui a necessidade de construir a longo prazo uma estratégia para atrair o trafego orgânico, e isso está diretamente relacionado a produzir conteúdos de qualidade que sejam relevantes para sua audiência.



Você já percebeu que apenas ter um site para sua empresa não basta, e que estar nas primeiras páginas do Google não é nem de longe uma tarefa fácil, mas aparecer para um público que está justamente pesquisando o seu produto ou serviço é essencial.


E para te ajudar nesse desafio você pode contar com a nossa ajuda!


Entre em contato:


Telefone: (12) 98149-8119

E-mail: contato@locomotiva.art.br


Comentarios


bottom of page